Descobrir Loures

O concelho de Loures foi criado em 1886, por Decreto Real de 26 de Julho.

Era então constituído por freguesias que tinham anteriormente pertencido aos entretanto extintos concelhos dos Olivais e de Belém. A área que forma o concelho esteve desde sempre ligada à evolução da cidade de Lisboa e do seu termo.

A fertilidade das terras, a abundância das águas e a pureza dos ares do campo deram corpo a esta região saloia que, desde D. Afonso Henriques até ao reinado de D. Maria II, se englobou no termo da cidade de Lisboa. É por isso natural que muitos monarcas e nobres elegessem estas terras como locais de lazer, de descanso e de fuga a doenças e pestes, como testemunham as inúmeras quintas existentes. Essas quintas confirmam sobretudo a importância deste termo que os reis iam distribuindo, também, como forma de exercerem mais eficazmente os seus poderes, a exploração das terras e o pagamento dos impostos. As características culturais desta região resultam da prolongada ocupação muçulmana e da progressiva miscigenação entre as várias etnias e religiões, de que nasceram os moçárabes, que ao longo dos tempos preservaram traços culturais próprios.

Em 1886, e dada a crescente importância económica do território, Loures passa a concelho (constituído por freguesias que pertenciam aos entretanto extintos concelhos dos Olivais e de Belém).

A diversidade ambiental, económica e social do recém-criado concelho possibilitou uma enorme afluência de vontades, histórias e trajetos que, ao longo dos tempos, deram identidade a este vasto território.

No dia 4 de outubro do ano de 1910 dá-se em Loures um facto histórico de grande importância: depois de ocupados os Paços do Concelho, uma bandeira com as cores republicanas, o verde e o vermelho, é hasteada e declarada a Implantação da República pela Junta Revolucionária. No novo milénio, Loures orgulha-se de dar continuidade ao valioso caminho trilhado pelos seus antepassados, trabalhando para que o futuro se continue a construir aqui: guardando memórias, escavando descobertas, construindo saberes e partilhando histórias.

Fonte Notícia: CMLoures

 

PUBLICIDADE

Publicidade