Em cada rosto igualdade, de Marta Nunes, é o nome da exposição de ilustrações que inaugura no dia 20 de abril, pelas 15 horas, na Biblioteca Municipal Ary dos Santos, em Sacavém.

O dia 25, dia para a Liberdade, foi o mote para esta exposição, que resulta do registo gráfico diário dos acontecimentos que decorreram entre 1 e 25 de abril, e que teve como objetivo ilustrar os direitos conquistados, bem como o significado desta data, cujas respostas foram obtidas pela artista através do testemunho de pessoas que acompanham o seu trabalho e que, gentilmente, acederam ao seu pedido.

 

Con­quistas que hoje se afiguram elementares, mas que ainda assim não deixam de poder ser revertidas. Nesse sentido, esta exposição é uma amostra daquilo que é importante lembrar e preservar, nunca esquecendo que a li­berdade é de todos, feita por todos e para lutar todos os dias.

 

Mais importante do que explicar às crianças esta efeméride, será que elas percebam o valor da Li­berdade e de como ela está presente nos nossos dias. Como tal, após a inauguração da exposição, terá ainda lugar a oficina de ilustração Será a Liberdade um pássaro?, que será dinamizada pela própria artista. A liberdade dos movimentos e a expressão plástica serão aplicadas na construção de com­posições cromáticas que, posteriormente, serão colagens das represen­tações simbólicas, associadas à data e às representações individuais de se ser livre.

 

A oficina, de entrada livre, é dirigida a crianças com idade superior a 6 anos (e acompanhadas por um adulto), mas sujeita a inscrição prévia, através do endereço de correio eletrónico bmas@cm-loures.pt ou do telefone 211 150 665, e limitada a 15 crianças.

 

A exposição, integrada nas comemorações dos 50 anos do 25 de Abril e no projeto Ler’Arte, estará patente até dia 29 de maio, na Biblioteca Municipal Ary dos Santos, em Sacavém, e poderá ser visitada de terça-feira a sábado, das 10 às 18 horas.

PUBLICIDADE

Publicidade