Núcleo Histórico

O primitivo núcleo da cidade formou-se junto à Igreja Matriz (Rua Fria) e, gradualmente, foi-se alargando em direção às encostas das Alvogas, procurando as margens do rio e o antigo cais de embarque, situado junto à antiga ponte sobre o rio de Loures. Em 1179, Loures surge referenciada no foral concedido por D. Afonso Henriques à cidade de Lisboa enquanto área limítrofe. Englobada no termo de Lisboa, Loures teve, ao longo dos séculos, um papel importante enquanto região abastecedora

da capital. Do século XVIII, há registos da existência de salinas na várzea de Loures e de atividade comercial intensa em torno dos produtos agrícolas e hortícolas desta zona saloia, aproveitando o curso navegável do rio Trancão.

Do património edificado existente no núcleo antigo do centro da cidade, destaca-se cerca de uma dezena de edifícios, que valem essencialmente pela sua aglomeração homogénea e pelo espaço e dimensão urbana que formam. Testemunham que na primeira metade do século XX Loures era um lugar pacato, com poucas estradas e cafés, mas com uma vida cultural e associativa rica.

A atual Praça da Liberdade era designada, no início do século, como “casaréus”. Bem no centro deste “Rocio de Loures”, onde existia o Palácio dos Marqueses de Fronteira, viriam a ser construídos os Paços do Concelho em 1916. A estrutura deste núcleo fortalece o carácter de Loures e ajuda-nos a perceber as palavras de Mendes Leal, quando em 1909 escrevia na sua Admirável Igreja Matriz de Loures: “Foi Loures povoação muito importante desta freguesia, com juiz de vintena, capitão-mor, repartição de Sete Casa para arrecadação de dízimos; uma companhia de ordenanças com a sua respetiva oficialidade; repartição de sisas. Teve grande mosteiro de franciscanos, muitas irmandades e muito boas quintas.” Os edifícios ilustram testemunhos e vivências de um passado que foi o quotidiano de diversas gerações, e a sua resistência aos “tempos modernos” deve merecer a nossa admiração e, sobretudo, o nosso respeito. Tudo isto forma a singularidade e a autenticidade de Loures.

Palácio dos Marqueses da Praia e Monforte

Edifício da primeira metade do século XIX, com largas janelas, albergou a sede da Câmara Municipal de Loures depois da criação do concelho, em 1886. Hoje, depois de recuperado e ampliado, é a sede da Assembleia Municipal.

Estrada Nacional nº 8

Loures

Terça a domingo: 09h00 às 12h30 e 14h00 às 17h00

Tel: 211 151 355

Endereço eletrónico: assembleia_loures@cm-loures.pt

GPS Lat. 38º 49’ 29,82’’ N Long. 9º 09’ 42,02’’ W Gr.

Edifícios da Rua da República

O modernismo dos anos 40, aplicado aos edifícios comerciais, associou vários materiais como o azulejo, o vidro, a madeira, o ferro forjado, o betão e a pedra, que produziu obras de invulgar beleza.

Rua da República

Loures

Tel.: 211 151 509 (Turismo de Loures)

Endereço eletrónico: turismo@cm-loures.pt

Centro Escolar Republicano

Edifício regular, de pequena dimensão, construído no início do século XX, que tem grande valor histórico pois foi a sede da Junta Revolucionária Republicana.

Rua da República, 43

Loures

Tel: 211 151 509 (Turismo de Loures)

Endereço eletrónico: turismo@cm-loures.pt

GPS Lat. 38º 49’ 49,13’’ N Long. 9º 10’ 01,88’’ W Gr.

Edifício 4 de Outubro

Antiga Sede da Câmara Municipal, conhece-se a sua existência já no século XIX. Aqui podemos verificar, uma vez mais, a associação dos vários materiais, não submetida a um estilo específico, mas a mistura de vários. Neste edifício, no dia 4 de Outubro de 1910, às 15 horas, foi implantada a República, tendo sido hasteada uma bandeira com as cores verde e vermelha.

Rua da República, 70

Loures

Tel: 211 151 509 (Turismo de Loures)

Endereço eletrónico: turismo@cm-loures.pt

GPS Lat. 38º 49’ 50,49’’ N Long. 9º 10’ 03,21’’ W Gr.

Fonte 4 de Outubro

Data de 1720, quando começaram as obras do Convento de Mafra. O seu frontal é encimado pela coroa real. Em tempos idos recebia água de um aqueduto construído na época do marquês de Pombal. Tinha um bebedouro na parte de baixo, para saciar a sede aos animais.

Largo 4 de Outubro

Loures

Tel: 211 151 509 (Turismo de Loures)

Endereço eletrónico: turismo@cm-loures.pt

GPS Lat. 38º 49’ 49,03’’ N Long. 9º 10’ 03,23’’ W Gr.

Paços do Concelho

Edifício construído em 1916, de traço neoclássico, com elementos Arte Nova, janelão que encima a porta de entrada e elementos revivalistas, como o telhado em mansarda e frontões triangulares sobre os janelões da fachada principal. Foi construído no antigo “Rocio de Loures”, onde se localizavam as ruínas do Palácio dos marqueses de Fronteira.

Praça da Liberdade, 4

Loures

Segunda a sexta-feira: 09h00 às 18h30

Tel: 211 150 194/5

Endereço eletrónico: daic@cm-loures.pt

GPS Lat. 38º 49’ 50,33’’ N Long. 9º 10’ 07,30’’ W Gr.

Igreja de Santa Maria de Loures

Tem como orago Nossa Senhora da Assunção. Antiga capela dos Templários, foi sofrendo alterações nos séculos XVII e XVIII, tendo sido reconstruída após o terramoto de 1755. As colunas toscanas, com pinturas decorativas, são ainda vestígios desses últimos tempos.

Da antiga sacristia resta ainda um lavabo com a data de 1562 e a valiosa custódia de prata dourada do século XVIII, que está exposta no Museu Nacional de Arte Antiga.

Templo de três naves, com teto em abóbada de berço com pinturas decorativas seiscentistas. Observe mais demoradamente a capela-mor barroca e os seus mármores embutidos, o retábulo de talha dourada, tela do século XVII representando a “comunhão de Santa Margarida de Cortona”, que orna o altar lateral da nave, e a cobertura em abóbada artesoada.

Na nave salientam-se, ainda, retábulos de talha do século XVI, os altares colaterais, o púlpito de mármore e o coro.

Largo da Igreja

Loures

Horários de Culto

Sábado: 18h30 | Domingo: 11h30

Tel: 211 151 509 (Turismo de Loures)

Endereço eletrónico: turismo@cm-loures.pt

GPS Lat. 38º 49’ 55,83’’ N Long. 9º 10’ 43,96’’ W Gr.

Cruzeiro manuelino

Este cruzeiro, restaurado no século XX era constituído por uma cruz floreada assente em três degraus. No ano 2009 foi furtada a cruz, tendo sido unicamente deixada a base, assente nos degraus.

Largo da Igreja

Loures

Tel.: 211 151 509 (Turismo de Loures)

Endereço eletrónico: turismo@cm-loures.pt

GPS Lat. 38o 49’ 55,83’’ N Long. 9o 10’ 43,96’’ W Gr.

Casa do Adro

Esta residência seiscentista, edificada ao lado da igreja matriz de Loures, pertenceu a Trigoso Morato, ministro de D. João V, sendo na altura conhecida como Quinta da Igreja. Posteriormente, foi parcialmente utilizada para serviços e residência do padre. As colunas que sustentam a cobertura do alpendre são do século XVII e provêm de outro edifício.

No pátio podem ser observados uma nora e um pequeno alpendre. Entre 1985 e 1998 albergou o Museu Municipal. Atualmente alberga os departamentos Cultura, Desporto e Juventude e de Educação.

Rua Fria

Loures

Terça a domingo: 09h00 às 17h30

Tel: 211 150 100

Endereço eletrónico: geral@cm-loures.pt

GPS Lat. 38o 49’ 57,50’’ N Long. 9o 10’ 46,72’’ W Gr.

Capela Nossa Senhora da Saúde

Montemor

Pequeno e modesto templo, com bonito pórtico de colunas toscanas datado de 1621. Os principais motivos de interesse são os azulejos da porta lateral, do século XVIII, as pinturas decorativas do arco triunfal, do século XIX, e a caixa de esmolas, de pedra, do século XVIII. A sua construção resultou de um pedido de proteção a Nossa Senhora face à peste que devastou Lisboa em 1598. Curiosamente, nenhum caso de peste foi conhecido em Montemor entre 1598 e 1604.

Rua Nossa Senhora da Saúde

Loures

Horários de Culto

Quinta-feira: 18h00

Domingo: 08h00

Tel: 211 151 509 (Turismo de Loures)

Endereço eletrónico: turismo@cm-loures.pt

GPS Lat. 38º 49’ 11,89’’ N Long. 9º 12’ 09,20’’ W Gr.

PUBLICIDADE

Publicidade